Instagram

Entre agulhas e outros hobbies é aqui que me encontram ! @uma.pausa.para

29 de setembro de 2017

Desde Abril até agora

Olá a quem (ainda) por aqui passa ;o) !
Tenho andado desaparecida por aqui mas algo activa na minha conta de instagram, onde tem sido mais fácil para mim mostrar o que tenho feito. Só voltei a pegar nas agulhas muito recentemente. Fiz uma pausa bem grande, quis dedicar-me à horta a fazer algo mais fora de casa. Quis perceber se os problemas na vista que andava a viver se poderiam dever-se ao tricot e muito certamente o tricot safou-se desse possível fardo ;o) No entanto, as causa desse problema, bem como outros ainda aguardam melhor conhecimento médico. NO Verão mesmo com novas inflamações oculares e algumas dificuldades físicas bricolei bastante. Para perceberem um pouco do que tenho feito olhem para a barra superior onde passam as imagens das mais recentes às mais antigas. Hoje mostro-vos o que tenho em mãos e consegui (finalmente) usar as imagens do meu instagram sem ter de carregar as fotos para o pc: 

As kindness socks andam a passo de caracol


Umas meias que estou a fazer para a minha irmã, a ideia é elas serem daquelas compridas de perna

A Kindness Shawl, já terminada, esta é a prenda (atrasada) de aniversário para a minha mãe


O inicio de um dedo para umas luvas e as seguintes fases. Neste momento estou quase a adicionar o polegar


Espero manter este espaço mais activo, principalmente agora que consigo agilizar as imagens para aqui. beijinhos e até um próximo post

19 de abril de 2017

Seja o que for

Pensei em escrever aqui apenas quando tivesse algo para mostrar, ainda que não concluído. Mas não. Volto aqui para agradecer quem aqui passa, procura e encontra algo que interesse. Nunca pensei ficar tantos dias sem tricotar. Comecei a achar que passava tempo demais, sentada e fechada em casa. Nunca gostei muito de tricotar na rua, demasiadas distracções. Com a chegada da primavera olhei para o meu jardim e para a terra que temos ao lado de casa e apenas vi ervas daninhas e uma terra dura que nem pedra e pedras a ela não lhe faltam. Ainda assim decidi trabalhar um pouco ela e o jardim que tenho mesmo em frente. E entre o preparar, semear, regar, esperar germinação, fazer mudas, escolher, tenho couves crescidas, alfaces e cenouras ainda bebés, ervas aromáticas a perder a conta, este ano arrisquei a erva doce e tão parecida é ela com os coentros na fase inicial... Courgetes, abóboras, tomateiras, rabanetes, pimenteiros, nada ainda deu 'frutos' e eu não cabo em mim de chegar o dia em que isso acontecerá... Tricoto mais tarde ! Quando isso acontecer volto aqui. No instagram   mudei o nome de uma.pausa.para.tricotar para @uma.pausa.para e coloquei a visualização da página logo antes deste post e mantenho o instagram mais activo porque quero perder menos tempo tempo a partilhar e a usufruir mais (ainda que isso pareça egoísta da minha parte). Sejam felizes  ;o)

16 de março de 2017

Tempo

Passou mais de um mês sem passar por cá mas tenho mantido as leituras presentes dos blogs que sigo. Comentar mais está nos meus planos mas o tempo não estica e gosto de fazê-lo com tempo e silêncio. Doenças dos pequenos, dias mais escuros psicologicamente, dias alegres e produtivos, noites privadas de sono, noites boas... é um misto de tudo que aconteceu nestes últimos tempos. Criativamente o balanço é positivo. Tenho usado mais com o que tenho em stock mesmo que isso não me permita fazer o que mais gostaria de fazer, tricotei e bricolei. Ando numa de aproveitar tudo, ao máximo e tiro muito proveito disso. Não faço por fazer, é mesmo uma necessidade de ocupar o meu tempo e preencher o que me faz falta. Daí que o tempo precioso tem que ser distribuido por isso tudo e por tudo o resto, que é muito, a família.
Para terem uma ideia  doq ue fiz até agora:

♥ 2 pares de meias, um para casa filho para aproveitar o que sobrou de outras meias que tricotei:


♥ 1 par de meias para mim, mais altas e todas às riscas para aproveitar restos de outras meias que tricotei:


♥ comecei  par de meias para oferecer, essas vão ser bem altas ! ainda estou em curso mas já tenho as duas começadas pelo calcanhar.


♥ tricotei um boneco, improvisei um coelho baseando-me numas instruções que comprei em tempos da designer Julie Williams. Terminei e é uma menina, a Dalila ! Executei a boneca com o pouco que sobrou do meu casaco, apenas deu para a cabeça, o resto fiz com a lã de umas luvas que desmanchei que já não serviam ao meu filho e também porque pretendo fazer-lhe umas mais funcionais, de dedos, futuramente.




♥ Tricotei 2 golas em tricot: uma baseando-me novamente num esquema da Leaving Cowl que partilhei no post anterior a este mas que no fim improvisei. E outra gola mais estreita porque o fim não chegou para mais com um ponto que gostei (http://www.knittingstitchpatterns.com/2014/09/classic-aran-honeycomb.html). Por esta altura muitos julgava que o frio tinha ido embora !


♥ Então comecei outras meias para aproveitar mais restos de lã para meias e até comecei a desmanchar um xaile em crochet que tinha começado com o motivo de flores japonesas para poder reutilizar nestas meias. O crochet perdeu 'terreno' nas minhas mãos, revejo-me mais no tricot, pela economia de gastar menos lã mas porque é a minha ocupação favorita. Estou a basear-me nas Jaywalker socks, e digo basear porque a opção do Fish Lips Kiss Heel obrigou-me a fazer alterações. Agora com as duas meias a par, já acima do calcanhar tricoto-as ao mesmo tempo. Não é fácil e só  faço porque só tenho um par de agulhas dessa espessura e quero mesmo fazê-las ao mesmo tempo para gerir os restinhos de lã que tenho de forma mais proporcional.



♥ e nada a ver com o tricot: fiz uma mesinha de cabeceira para o meu filho mais velho com a estrutura de uma cesta/cubo de verga que apenas servia para cumular pó, coisa que com problemas alergias não pode ser. Usei restos de outras madeiras e betume para regularizar. Agora aguarda por inspiração e tempo para pintar...



Boa semana e fim de semana a quem aqui passa !





7 de fevereiro de 2017

Casaco Novo

E apesar de ter em mente que podia ter optado pelo tamanho abaixo fiquei um pouco reticente quando fiz a amostra não fosse depois ficar justo demais. A lã que utilizei é a Miltons Winter Tweed e foi a mesma que utilizei para esta camisola, aqui já concluída e da aprendizagem que tirei dela, é que é uma lã que alarga um pouco e como o padrão deste casaco também abre bastante tive esse receio. No entanto prefiro o casaco assim.
Este casaco cresceu no meio de incertezas minhas de saúde, vinha desde o ano passado a coleccionar inflamações num olho e depois de a ter confirmação da razão desse problema, relaxei e empenhei-me em concluí-lo. Diagnosticaram-me uma pansinusite, ou seja inflamação de todos os seios nasais que teve repercussões num dos olhos, estava e estão de tal maneira inflamados que começaram a afectar a visão, com isso e todas as inflamações no olho esquerdo ganhei mais miopia... Agora tenho algo para a vida inteira, que mesmo sem dar sinais dolorosos está aqui ´do nada pode voltar a atacar a visão. Adiante.
Adorei este casaco, tive que adaptar uma estratégia para a barra do botão não se abrir para fora já que a mesma é bastante larga (segui as instruções) e ficava melhor com 2 botões do que apenas 1, no entanto eu improvisei um botão escondido logo em cima para manter a barra direita.
As instruções deste Girl Friday Cardigan são gratuitas e no post anterior a este podem encontrar o link para acederem a ele. 
Entretanto já fiz 2 boinas: uma para combinar (mais ou menos) com o casaco que fiz e outra para testar uma adaptação minha da Leaving Cowl da Maria Olsson.
Estou também a tricotar umas meias para o meu marido, as Envy Socks.
Nota-se muito que tenho compensado as saudades que tive das agulhas ?
Boa semana para vocês !













19 de janeiro de 2017

Girl Friday Cardigan

Tenho em mãos desde à duas semanas um casaco para mim, era para ter pegado logo nele após o Natal mas andei com problemas num dos olhos por mais duas vezes, antes e depois do Natal e sinceramente tive de esperar melhorar o incómodo, entretanto ainda mantenho parte do problema e ainda nem sei bem o que me espera dos resultados dos exames que fiz.... Mas falando no casaco, o manter o tratamento até hoje tem-me permitido tricotar sem medos e abracei este projecto a tempo inteiro (pelo meio e de vez em quando estou tricotando umas meias para o meu marido - neste momento falta-me começar a 2ª meia). No momento que escrevo estou na metade da 1ª manga, ou seja, depois de a terminar fica em falta mais uma manga isto porque já tenho costas e frentes concluídas. Depois tenho que bloquear as peças, costurá-las e fazer o colarinho e barra de botões. Nesta última parte espero reconciliar-me com o apanhar malhas já que tive sempre problemas em apanhar o nr certo de malhas para não alargar nem encolher demasiado a peça. Estive a pesquisar e pelos vistos existe uma 'fórmula' para o fazer, principalmente em ourelas em meia: apanhar 3 malhas e deixar passar uma e assim sucessivamente. Veremos como corre, primeiro as mangas ! ;o)
O modelo é o Girl Friday, da designer Mercedes Tarasovich. Até agora estou a adorar, o esquema já o tenho memorizado. Nas mangas os aumentos foram pacíficos mas depois dessa parte dei-me conta que seguindo o esquema iria tender a fazer aumentos sem me dar conta disso, desmanchei umas carreiras e tratei de estar com mais atenção. Aparte deste pormenor as instruções estão muito bem desenhados/escritos e só é pena ser feito em várias peças, pois gosto muito de peças sem/ com poucas costuras e esta até nem me parece muito difícil de adaptar, muito pelo contrário, mas para não complicar demasiado resolvi fazer como as instruções mandam. Mostro fotos de como o casaco tem estado a crescer:







9 de janeiro de 2017

2016 em imagens

Eis que 2016 foi um ano de 36 começos e fins ! 36 peças tricotadas. As fotos estão um pouco misturadas e não reflectem a ordem de execução. Apesar dos pesares foi um ano bom no tricot. Sinto que evolui em vários aspectos mas sobretudo tento não planear muito, começar poucos e terminá-los sempre e o mais rapidamente possível. Os únicos trabalhos deste ano que transitaram para o de 2017 foram apenas 2 pares de meias: um já terminei e o outro par está no fim da 1ª meia ;o)

17 ficaram aqui por casa:
♥6 pares de meias para mim
♥1 par de meias para o meu marido
♥4 bonecos
♥2 xailes
♥1 gorro
♥1 luva sem pontas dos dedos
♥1 decoração de Natal
♥1casaco criança

19 trabalhos foram oferecidos:
♥5 bonecos
♥4 xailes
♥8 meias
♥1 luva sem pontas dos dedos
♥1casaco-quimono e fiz cinto em tricot para completar


No 1º bloco enganei-me e coloquei a imagem dos bonecos que fiz a retratar a minha família como sendo um trabalho para o Natal de 2016, mas foi do de 2015 ;o)