Instagram

Entre agulhas e outros hobbies é aqui que me encontram ! @uma.pausa.para

12 de março de 2015

Como aprendi a tricotar meias com agulhas de 2 pontas

Foi graças a este canal de youtube que encontrei a forma mais clara de fazer meias. São 6 videos passo a passo (que vos mostro mais abaixo) onde podemos parar e voltar atrás para perceber melhor. Para quem quer experimentar é mesmo muito fácil de entender mesmo até com um inglês básico. Existe também a versão em PDF das mesmas instruções. Se é a 1ª vez que tentas fazer meias experimenta não fazer a meia às riscas, utilizando apenas  uma cor. Tentei fazer um PAP com imagens (mas as imagens nunca eram claras o suficiente) e video não consigo fazer em condições.

Os vídeos que partilho convosco são mesmo muito esclarecedores. Esta meia é feita com um fio worsted e as intruções foram disponibilizadas pelo Seaman's Church Institute para quem quisesse tricotar e posteriormente oferecer aos marinheiros americanos. Penso que mesmo a Paige Sato (autora destes passo-a-passo em video) não tricotando da forma que nós portugueses adoptamos (com o fio atrás do pescoço e utilizando o polegar esquerdo para ajudar nas laçadas e os dedos da mão direita para manter a tensão do fio) acho ser fácil de perceber já que o importante de tricotar desta forma é saber como montar as malhas, conjugar as agulhas umas com as outras, não torcer os pontos nas agulhas e tentar manter alguma tensão da malha, custa mais as duas primeiras carreiras, depois é só ver crescer a meia ;o)
Já agora aproveito para esclarecer que existe o 'continental' style (em que é utilizado um dedo da mãos esquerda para manter tensão e permitir fazer as laçadas dos pontos) e o 'inglês' (em que é utilizado um dedo da mão direita para manter a tensão do fio e fazer as respectivas laçadas dos pontos).
Ao clicarem no link do Seaman's Church Institute, no fim da página aparecem inúmeras instruções (em inglês) em PDF para utilizar, desde gorros, cachecóis, meias e coletes, quer em tricot quer em crochet. Na confecção das meias explicadas nos videos abaixo, para experimentar um tamanho mais ajustado ao tamanho de senhora experimentem usar uma lã de espessura média. 
Mais tarde, depois da minha 1ª experiência com estas meias, encontrei outras instruções, as worsted  anklet socks (que fiz com o cano comprido), que pertencem a este site e no meio de todos esses modelos podem encontrar o PDF para poderem fazer as meias que mantêm a mesma 'filosofia' que a dos videos que partilho aqui só que as instruções escritas ensinam como fazer meias de diversos tamanhos, desde bebé a adulto (senhora) e foi a partir destas instruções que consegui fazer umas meias mais adequadas ao meu pé e ao do meu marido, usando uma lã grossa, mais concretamente a da Miltons de espessura adequada para agulhas 4.5mm/5mm, a versão Winter (50% Lã, 50% acrílico), mas também usei uma vez a Allegro da Miltons que também é uma mistura de lã e acrílico e foi a lã de que gostei mais de usar e do efeito final (imagem abaixo). É de salientar que para fazer este modelo de meias eu usei agulhas espessura 3,5mm.

Vale a pena experimentar, mesmo que à primeira o tamanho não saia o desejado, depois por tentativa-erro, mudando a espessura das agulhas ou até mesmo a lã se poderá chegar ao tamanho/efeito pretendido. Para quem quiser experimentar... Boa Sorte!

estas usaram as instruções 'worsted anklet socks: com 11 voltas de barra 2/2; 25 voltas na perna (voltas contadas entre a barra 2/2 e o começo do calcanhar) e 25 voltas de comprimento do pé (voltas contadas entre as diminuições laterais e as diminuições dos dedos)
1

2

3

4

5

6


11 comentários:

  1. Obrigada pelas palavras Susana felizmente foi só um susto, acho o teu trabalho lindo e gabo-te a infinita paciência :)
    bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pela ajuda, Susana. Já guardei e vou mesmo aprender.
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Susana, hoje está fresquinho, com um ventinho cortante, mas, ainda assim, o ar aqui é mais transparente e o silêncio mais doce.
    Não me importaria de ter um refúgio no campo, por aqui, ainda que não visse o mar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Também quero fazer!
    Estão maravilhosas!
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  5. Há que tempos procurava um vídeo para aprender a fazer meias! Está formidável este. Obrigada pela partilha.
    É desta que vou fazer umas meias. Embora trabalhe ao pescoço, acho que vou conseguir adaptar...

    Vou voltar mais vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria José, bem sei como é difícil encontrar vídeos claros para a execução de meias, este foi o que me impulsionou a entender e ganhar coragem para começar, depois com os ensinamentos fui arriscando instruções escritas, adaptando tamanhos... Eu também faço tricot com o fio à volta do pescoço vai ver que vai ser fácil, qualquer ajuda pode dispôr ;o) Beijinho

      Eliminar
  6. Faz algum tempo que gostaria de aprender a fazer meias ... Ja solicitei a ajuda de algumas pessoas de sites conhecidos , mas nunca se disponibilizaram para partilhar fontes.... é uma pena pq ninguem nasce ensinado e concerteza aprenderam porque alguem partilhou o conhecimento, mas valores mais altos se levantam e as pessoas sao assim. Desculpe o desabafo. Agora com a sua partilha um dia destes ja vou experimentar fazer um par de meias, pode ser que me ajeite. Mto obgd por fazer a diferença . Bem haja!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria Puala, fico muito contente por ter encontrado aqui a ajuda que precisava para ter confiança em começar a tricotar meias. Estes vídeos ajudam a perceber a dinâmica das agulhas, na altura eu só sabia trabalhar com as mesmas em tricot circular, hoje já me sinto à vontade usando uma agulha circular apenas apesar de me sentir mais à vontade em manejar várias agulhas do que um conjunto de uma circular, o nylon a estriçar as malhas às vezes deixa-nos bastante confusas.
      É muito fácil ter-se um blog em que só se mostra o que se faz e eu gosto de fazer um pouco mais, tanto que pelo menos em crochet sempre tentei fazer passos-a-passos - disponivel na página dos meus tutoriais-, em tricot já é mais dificil,mas quando tenho tempo e me lembro tento deixar links para quem quiser perceber melhor determinadas técnicas, sempre tive essa intenção e por vezes caio no facilitismo de pressupor que quem me visita percebe do que falo e muitas vezes assim não o é. Convido-a a visitar o canal de youtube Nionoi - Querido Tricot (https://www.youtube.com/user/nionoihandmade/) do blog Nionoi (http://www.nionoi.pt/) é de uma autora portuguesa, a Filipa, que faz videos excelentes, não tenho passado por lá para ver novidades mas é muito util para quem quer aprender e ensina, pontos, formas de tricotar, tratar de peças, etc.
      Muito obrigada por comentar.
      Beijinho

      Eliminar
    2. Já agora peço desculpa pela troca na ordem das letras do seu nome ;o) Mesmo tendo lido 2 vezes o que escrevi acontece-me bastantes vezes escrever rápido mas tocar a ordem das letras ;O)

      Eliminar
  7. Vou fazer espero que me fiquem bem.
    Já fiz foi com 5 agulhas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Idalina, este vídeo usa 3 agulhas de 2 pontas mais uma para tricotar. Actualmente uso um par de agulhas circulares e é o !ido como me identifico mais, além de que as agulhas de 2 pontas que tenho são daquelas metálicas que escorregam as malhas. Obrigada pela visita !

      Eliminar